Coloque seu email para assinar o Site e receba notificações sobre novos posts e promoções.

Pirataria continua como a grande vencedora do Oscar

Kaspersky alerta sobre os perigos de ter seus dados e dinheiro roubados por golpes disfarçados de filmes “grátis”.


Enquanto a indústria do cinema se prepara para mais uma edição do Oscar, os fãs correm para assistir os filmes indicados. Infelizmente, o hábito de acessar este tipo de conteúdo de forma ilegal é tão famoso quanto o prêmio. Os filmes indicados estão entre os conteúdos mais pirateados nas últimas semanas, de acordo com o Torrent Freak , publicação dedicada a trazer as últimas notícias sobre direitos autorais e privacidade.

Dos 10 filmes mais baixados, seis foram indicados ao Oscar: Ford vs Ferrari está no topo da lista e recebeu quatro indicações na premiação; Coringa está na 4ª posição do Torrent Freak e concorre a 11 estatuetas; 1917, que acabou de estrear no Brasil, é um dos queridinhos da pirataria e tem 10 indicações. Ainda figuram na lista dos mais baixados de forma ilegal Frozen 2, Era Uma Vez em… Hollywood, e Malévola: Dona do Mal.


 Filmes mais pirateados na semana passada (Torrent Freak)

Segundo os dados de 2019, a pirataria é a segunda causa mais comum entre os ataques de malware no ano passado – que registrou 682 milhões de ataques, média de 21 tentativas de infecção por segundo no País. Golpes disfarçados não são uma tática nova, a empresa já havia alertado sobre ataques circulando na internet antes da estreia de Star Wars – A Ascensão Skywalker .

“O download e a instalação ilegal de software sustentam organizações criminosas, que lucram muito com a pirataria e o cibercrime. O melhor a se fazer é buscar alternativas acessíveis, mas legais. Junte um grupo de amigos e estabeleçam um rodízio entre todos para assinar os serviços de streaming disponíveis, também é possível organizar noites de “maratonas” para ver os filmes que não estão disponíveis online, alugando o conteúdo de dividindo o custo entre todos. Todos se divertem de forma segura e sem apoiar os criminosos da internet”, sugere Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky.

Exemplo de golpe usando filmes do 2020

O analista condena ainda outro comportamento comum: o desligamento da solução de segurança para concluir um download. Pesquisa da Kaspersky com a consultoria Corpa mostra que 41% dos brasileiros fizeram isso. “Imagine se seu prato predileto tivesse um recado do tipo ‘alimento contaminado’, você o comeria? A situação é a mesma, mas como o impacto de um cibercrime é virtual, a maioria das pessoas o menosprezam e isso mantém as organizações ilegais”, explica Assolini.

Dicas para se manter seguro

  • Tenha cuidado com o que baixa. Um dos objetivos prioritários dos cibercriminosos é enganá-lo para realizar o download de arquivos maliciosos. Como regra geral, não baixe arquivos que pareçam suspeitos ou provenientes de um site em que você não confia;
  • Utilize um software de segurança robusto. Produtos como o Kaspersky Total Security oferecem proteção tanto contra os programas maliciosos quanto contra páginas falsas – além de outras ameaças.
  • Atualize o sistema operacional e os aplicativos regularmente, pois constituem uma camada vital de segurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bitdefender - Parceiro em destaque

500

+500 Milhões de usuários seguros no mundo todo

200

+200 prêmios de prestígio VB100

18

anos líder em segurança

13

centros globais de pesquisa e desenvolvimento

Pages

Política de Privacidade‎ / Devoluções e Garantia‎ / Entregas‎ / Pagamento‎ / Dúvidas mais Frequentes‎
© GROUP FJ SOLUÇÕES SEGURAS LTDA - 2017 - 2020. Todos os direitos reservados.
Criado por: GROUP FJ.
Tecnologia GROUP FJ.
imagem-logo